Wednesday, July 15, 2009

Desejo proibido


Desejo-te mesmo sabendo que não pode

Mesmo que isto seja impossível

Mas com o seu sorriso, a sua boca

Como não posso desejá-la.

Rosto de anjo, corpo de Afrodite

Pecado desejado

Queria não querer, mas quero.

Quero tocar a sua boca, o seu pescoço

Sentir a sua pele, ter o seu cheiro.

Possuir o seu corpo e ter sua alma.

Queria que fosse minha só hoje

Só hoje queria dizer que te tenho

Que é realidade sua presença,

Mas se não posso tocar o seu corpo

Deixa-me sentir a sua alma

E cativar o seu espírito


Ricardo de Souza Ângelo

2 comments:

INTIMO E PESSOAL said...

Lindo!! Queria eu ser essa alma por quem o poeta deseja.

Ótimo fim de semana

Namastê

Maria Emília said...

Se conseguisse hoje, depois queria mais um dia e mais um e mais...
O amor é assim.
Um abraço,
Maria Emília